Casa Fluminense abre vagas de estágio no RJ



Vagas abertas são para estudantes do curso superior de Desing.

A Casa Fluminense, espaço criado com o intuito de promover debates sobre políticas públicas, abriu vagas de estágio para estudantes com ensino superior em andamento no curso de Design. As oportunidades são para atuar no bairro da Glória, no Rio de Janeiro (RJ).

O estagiário irá integrar a equipe de Comunicação, atuando fundamentalmente com Design. Entre as suas principais funções do dia a dia estão produzir conteúdo visual para os seguintes canais de comunicação. ForumRio.org, perfis da empresa nas redes sociais (Facebook, Instagram Twitter), site institucional da Casa Fluminense, newsletter, boletim de associados, entre outros. Por conta dessa demanda, é sempre importante ter intimidade com a norma culta da língua portuguesa.

Para se candidatar, é necessário que o estagiário tenha familiaridade com InDesign e Photoshop. É interessante que tenha experiência e/ou muita vontade para se aventurar em um "universo produção de relatórios e análises métricas" sobre os resultados das redes sociais e do site institucional da empresa. É necessário ter domínio de ferramentas de edição de vídeo e imagem.





A remuneração oferecida pela Casa Fluminense é uma bolsa auxílio no valor de R$ 600, acrescido de seguro de vida e auxílio transporte mensal de R$ 150. A carga horária de estágio é de 20 horas semanais (4 horas por dia), de 2ª a 6ª feira. A empresa está localizada na Rua do Rússel, número 76.

Quem tiver interesse em participar do processo de seleção da Casa Fluminense deve encaminhar o portfólio (arquivo anexo ou link), o currículo e um parágrafo explicando o porquê do interesse em fazer parte da empresa para o e-mail casa@casafluminense.org.br. No campo "assunto", o candidato deverá indicar "Vaga de Comunicação".

O prazo de envio de currículo vai até o dia 10 de janeiro de 2016. As entrevistas irão ocorrer na segunda quinzena do mês de janeiro e o estágio em si terá início no início de fevereiro (2016).

Por Julio Abreu



Compartilhe esta notícia