PGDF abre vagas de estágio



Interessados podem se inscrever até o dia 6 de dezembro.

Com o intuito de suprir carências em seu quadro de estagiários e também visando a formação de um cadastro reserva de estagiários para uma contratação futura, a PGDF (Procuradoria Geral do Distrito Federal) no pleno uso de suas atribuições legais que lhe são conferidas a legislação em vigor, tornou ao conhecimento de todos que estará promovendo um processo de seleção de estágio que ofertará diversas vagas.

Poderão se candidatar nesse processo seletivo, estudantes que estejam matriculados em cursos de nível superior e também no ensino médio que estejam dispostos a cumprir uma jornada de estágio remunerado.

Os estudantes de nível superior poderão se candidatar desde que estejam regularmente matriculados em cursos de Biblioteconomia, Administração e Arquivologia.

De acordo com o edital a remuneração oferecida, como forma de incentivo, uma bolsa-auxílio no valor de R$ 580 para estudantes de nível médio e R$ 800 para estudantes de nível superior, sendo que além da bolsa-auxílio, um auxílio transporte que será pago no valor de R$ 6,00 por dia de serviço estagiado, sendo que a jornada será de 4 horas diárias e consequentemente 20 horas semanais.

O processo seletivo é feito em parceria com o CIEE (Centro de Integração Empresa Escola (CIEE), sendo que as inscrições somente poderão ser realizadas através do endereço eletrônico do CIEE (www.ciee.org.br).





O prazo de inscrições ficou definido para se estender até o dia 6 de dezembro de 2015, sendo que a inscrição será totalmente gratuita.

Em relação ao processo de seleção, ficou programada para ocorrer uma análise de currículo escolar, sendo que em caso de empate, será levado em consideração o estudante que estiver em semestre/série mais avançado e ou tiver maior idade.

A validade desse processo seletivo será de seis meses, prazo este que começará a ser contado a partir da homologação do resultado final, existindo a possibilidade de prorrogação por igual período.

Por Rodrigo da Silva Monteiro



Compartilhe esta notícia