Pinheiro Neto Advogados – Programa de Estágio Contínuo 2016



Vagas de estágio são para estudantes de Direito de qualquer ano. Selecionados irão trabalhar em São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro.

Está à procura de emprego? Está cursando o ensino superior diretamente no curso de Direito?

Então se prepare, pois existe a oportunidade de participar do Programa Contínuo de Estágio da Pinheiro Neto Advogados.

Você já ouviu falar da Pinheiro Neto Advogados?

Essa empresa conseguiu três fatos importantes que são:

  1. O primeiro escritório no ramo da advocacia dentro do território brasileiro a realizar a neutralização das emissões envolvendo o carbono;
  2. O primeiro escritório brasileiro que realizou a integração do GIFE ou precisamente Grupo de Institutos, Fundações e Empresas, com isso ocorreu a agregação dos maiores tipos de investidores sociais dentro do Brasil;
  3. E ainda foi o primeiro escritório brasileiro a receber justamente do governo do Estado de São Paulo uma qualificação, ou seja, ganhou o Selo Paulista da Diversidade.




Agora que sabe sobre a empresa, vamos voltar a descrever sobre o programa, que é direcionado para estudantes de Direito, independente do ano que estão estudando, ou seja, pode se inscrever estudantes que estão do primeiro até o quinto ano e com um nível que vai do avançado para o fluente na Língua Inglesa. O estágio vai ser realizado em 2 horários, onde temos:

  1. Das 09:30 até às 17:00 horas, com exatamente uma 1 hora e 30 minutos de descanso;
  2. Ou das 14:00 até às 20:00 horas.

O programa apresenta as seguintes etapas, que são:

  • Inscrição (acesse aqui) e ainda Teste Online;
  • Dinâmica de Grupo junto com Provas Presenciais;
  • Entrevistas Finais;
  • E admissão para trabalhar nas cidades de São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro.

Agora que sabe dessas informações, não perca o seu tempo em fazer parte da Pinheiro Neto Advogados, pois com isso vai ter a chance de ampliar o seu leque profissional e ainda pessoal, afinal de contas, a empresa atende as mais diversas empresas em aproximadamente 60 diferentes países. Com isso, temos um escritório que só no ano de 2014 consegui receber do governo brasileiro o reconhecimento de se apresentar como o pricipal exportador na realização de serviços legais dentro do território nacional.

Por Fernanda de Godoi



Compartilhe esta notícia