TRE-DF oferece vagas de estágio



TRE do Distrito Federal oferece vagas de estágio a estudantes de Nível Médio e Nível Superior, em vários cursos.

Se você está em busca de uma oportunidade para colocar em prática tudo o que aprende em sala de aula, nada melhor do que arranjar uma oportunidade de estagiar. Então, se você está à procura de uma oportunidade, que tal participar do processo seletivo do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF).

As oportunidades são para estudantes de nível médio (somente a estudantes da rede pública) e também para estudantes de nível superior que estejam regularmente matriculados nos seguintes cursos: Arquitetura (01 vaga), Direito (02 vagas), Engenharia Elétrica (01 vaga), História (Cadastro reserva) e Museologia (01 vaga).

Além das vagas de início imediato, todas as outras áreas do conhecimento terão vagas destinadas a formação de cadastro reserva.

A carga de estágio semanal será de 20 horas, ou seja, diariamente os estudantes terão que estagiar quatro horas no tribunal em turnos matutinos e vespertinos.

De acordo com o edital, o estágio será remunerado e será pago mensalmente no valor de R$ 535,00 (Nível Médio) e de R$ 820,00 (Nível Superior), além da remuneração os estudantes receberão um auxílio transporte que será pago por dia estagiado no valor de R$ 6,00.





Os requisitos para candidatura são os seguintes: possuir 16 anos completos no ato da matricula (no caso de estudantes de nível médio) e possuir frequência no curso ao qual o estudante está se graduando.

Os interessados em se candidatar a etapa seletiva deverão se inscrever até o dia 4 de setembro, sendo que a inscrição deverá ser feita de forma presencial no seguinte endereço: Centro de Integração Empresa Escola (CIEE), que fica situado no Edifício Atrium, Brasília – DF, sendo que o horário de atendimento será de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

A forma de avaliação escolhida pelo TRE-DF será avaliação curricular, sendo que após a homologação do resultado final a validade do processo seletivo será de um ano e poderá ser prorrogado por mais um ano, uma única vez.

Por Rodrigo da Silva Monteiro



Compartilhe esta notícia