Programa de Estágio Kroton Educacional 2015 – Inscrições



O que esperar de uma empresa que tem como principal destaque o fato de se preocupar com a educação da nossa sociedade e consegue realizar isso há várias décadas?

A Kroton Educacional é uma das maiores organizações privadas de educação brasileira, com atuação no setor educacional há mais de 45 anos.

Esse grupo atende a vários segmentos educacionais desde o maternal até o mestrado e como não poderia deixar de ser diferente está com inscrições abertas até o dia 30/12/2014 para o Programa de Estágio Kroton 2015.

Dentro disso temos um programa voltado no Job Rotation, ou seja, durante um ano de estágio, o profissional vai liderar projetos individuais em diferentes áreas da companhia, além de ser acompanhado e orientado de perto pelo RH e pela alta liderança. 

É uma boa oportunidade, correto?

O programa é direcionado para estudantes de Engenharia (qualquer uma das especialidades), Administração de Empresas, Economia, Matemática, Estatística, Física, Ciências Contábeis e áreas correlatas que vão se formar no mês de dezembro de 2015.





Fora esse tipo de formação acadêmica descrita acima ainda é preciso habilidades na utilização do Pacote Office, mais o nível avançado do idioma Inglês e uma disponibilidade para estagiar 30 horas semanais, ou seja, de segunda a sexta-feira durante 6 horas diárias.

Achou isso tudo uma grande oportunidade de começar a trabalhar em uma empresa desse porte e começar a desenvolver profissionalmente?

Então venha, você que gosta de aprender, buscar desafios e com ideias inovadoras fazer parte desse local que valoriza a formação e desenvolvimento de jovens talentos, além de fazer com que tenha um crescimento profissional após a finalização do programa.

Aqueles que forem aprovados em todas as etapas do programa, tanto eliminatórias quanto classificatórias, vão ter a oportunidade de receber como benefícios uma bolsa-auxílio no valor de R$ 1.700,00, mais um vale-refeição de R$ 19,14 por dia, vale-transporte e seguro de vida para trabalhar na cidade de São Paulo a partir do mês de janeiro de 2015.

Por Fernanda de Godoi



Compartilhe esta notícia